30/10/2020 Institucional

Como a mobilidade sustentável influencia a vida das pessoas e as cidades

A mobilidade urbana pode ser entendida como a qualidade do deslocamento de pessoas e bens em cidades e suas regiões metropolitanas, com o objetivo de desenvolver atividades econômicas e sociais.


Para ser considerada sustentável, a mobilidade urbana deve promover as boas práticas nos transportes, priorizando o coletivo e a integração entre os diversos modais, com o objetivo de melhora na qualidade dos ambientes urbanos.


No século XX, a opção pelo automóvel parecia ser a resposta eficiente para a necessidade de mobilidade. Porém, o excesso de veículos levou à paralisia do trânsito, com desperdício de tempo e combustível, além de problemas ambientais como a poluição atmosférica.


Essa situação transformou a mobilidade urbana em uma das atividades menos inteligentes do ser humano, requerendo uma resposta imediata. Várias iniciativas de mobilidade sustentável vêm surgindo, mas ainda são poucas frente ao tamanho do problema.


Soluções como a implantação de sistemas sobre trilhos (metrôs, trens e bondes modernos ou VLTs), ônibus elétricos, integração com ciclovias, bicicletas públicas, patinetes, teleféricos e outras são viáveis e já estão presentes em algumas cidades. Porém, carecem de incentivos governamentais para que avancem ainda mais.


Entretanto, em algumas situações, o uso de veículos ainda é de grande necessidade. Para esses casos, uma ótima opção é o serviço de carsharing, ou compartilhamento de veículos.


O carsharing é uma modalidade de aluguel de veículos no qual o carro pode ser alugado por várias pessoas, e a cobrança é feita pelas horas utilizadas, bem adaptado para uso urbano e rápido. É uma proposta para o fim do modelo 1 carro - 1 pessoa.


O usuário faz um contrato com a locadora, que lhe permite utilizar várias vezes os carros que ficam espalhados por diversos pontos movimentados da cidade e em condomínios residenciais e empresariais. E todo o processo é feito online via smartphone, sem intervenção de funcionários.


As principais vantagens do carsharing são:

  • conveniência;
  • redução de custos;
  • independência de transporte público;
  • redução do uso excessivo de automóveis;
  • melhoria do trânsito;
  • redução na emissão de dióxido de carbono.


Somente adotando meios de transportes integrados e coletivos poderemos tornar os grandes centros urbanos mais acessíveis, equitativos e democráticos, fazendo com que nossas ruas deixem de ser vias de passagem e voltem a ser locais de convivência.


Em Belo Horizonte, uma das primeiras empresas a oferecer carsharing é a Usecar, startup do Grupo Carbel, que agrega tecnologia e inovação à sua mobilidade, através do app Usecar Go.


Saiba mais em https://usecargo.mobi/ ou ligue 4000 1802 / 31 99576-2759 (Whatsapp)


USECAR – Você na era da mobilidade inteligente.


« Voltar